Sábado, 16.05.09

Às vezes acho que o destino me quer dizer alguma coisa, outras vezes acho que sou uma parva por acreditar nele!



publicado por A. Motα às 13:03 | link do post | comentar | ver comentários (13)

Sábado, 28.03.09

As vezes penso que tudo seria mais fácil se fossemos seres irracionais!



publicado por A. Motα às 15:10 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Sexta-feira, 13.03.09

 

A libertar-me das sombras que carrego...

Hoje pesam menos que ontem.

Hoje pesam mais do que amanhã.

 



publicado por A. Motα às 13:59 | link do post | comentar

Aquela sensação de Déjà vu!

Acompanhada de um arrepio!



publicado por A. Motα às 12:31 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.03.09

Serei a única a olhar o céu?

E achar que a lua está particularmente bonita!



publicado por A. Motα às 20:59 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 07.03.09

                                           O Grito de Edvard Munch

 

Podia gritar, como se isso me valesse de muito.



publicado por A. Motα às 19:29 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sexta-feira, 06.03.09

Somente olhou e nada fez!



publicado por A. Motα às 20:45 | link do post | comentar

Somente Palavras.



publicado por A. Motα às 20:43 | link do post | comentar

Segunda-feira, 02.03.09

 

"Até que ponto nós não somos aquilo que os outros pensam que nós somos?"



publicado por A. Motα às 20:09 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Sexta-feira, 27.02.09

 

 

 

Posso sentar, posso parar e pensar!

 

Posso voltar atrás no tempo, mas nada posso mudar!

 

Lembro-me, lembro-me de tantas coisas mas não me lembro das palavras exactas...

Lembro-me de ser criança, lembro-me de outras crianças, mas pensando bem não me lembro das suas vozes, não me lembro das nossas conversas... lembro-me apenas dos seus rostos lembro-me  apenas de algumas brincadeiras!

 

Que é feito dessas crianças?'

Crianças???? 

Agora são adultas!

Algumas com quem ainda falo, outras que passo na rua mas agimos como estranhas como desconhecidas, como se nunca tivéssemos convivido, mas há as outras crianças...

Crianças ??? Persisto no erro!

Agora são adultas, adultas de que apenas me lembro dos rostos de criança, algumas que não saberei reconhece-las na rua, porque são adultas e mudaram, outras talvez as reconheça porque apesar de terem mudado, mudado a voz, mudado a altura, mudado as conversas, mudado as brincadeiras, continuam com aqueles traços de criança que me lembro!

 

Agiremos como desconhecidos?

Sim talvez!

Pensaremos: -será que ela é... aaaaaaaaa ....como é que se chamava mesmo? Não me lembro!

Se calhar não é ela,  se fosse ela teria-me reconhecido... Teria falado...

 

E continuaremos o nosso caminho!

 

 



publicado por A. Motα às 15:50 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

arquivos

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

favoritos

Três metros acima do céu

blogs SAPO
subscrever feeds